5 Razões & 1/2 Para Ver… ‘Gone Baby Gone’ (2007)

Advertisements
Em www.bertrand.pt

Sejam bem-vindos a mais um 5 Razões & ½ Para Ver… (podes consultar as edições da rubrica AQUI)!

Hoje não trago um filme novo, nem um filme super conhecido, contudo, é algo que tem qualidade. Trago a esta rubrica, habitual às terças-feiras, um filme que conta com um homem que habitualmente não está tanto por trás do ecrã, mas que neste filme fica apenas do lado de cá da lente e trata de filmar mais o seu irmão, Casey Affleck.
Já descobriram quem é o realizador deste filme, certo? Exatamente, é o Ben Affleck.
E que trabalho fantástico fez ele…

Aí estão as 5 Razões & ½ Para Ver… ‘Gone Baby Gone’ (2007) ou PT: ‘Vista Pela Última Vez‘ e BR: ‘Medo da Verdade‘:

1 – Interpretação

Um dos pontos mais fortes são as atuações principais (Casey Affleck,Michelle Monaghan e Amy Ryan) e também, claro, as atuações do Ed Harris e do Morgan Freeman.

2 – Narrativa

O que ajudou imenso também a que todas as interpretações a serem de uma grande qualidade, por isso mesmo, a narrativa é bastante intrigante ao longo de todo o filme até à fase final onde tudo se vai desvendando a pouco e pouco.
De uma forma bastante sucinta, a narrativa assenta na história de uma criança de 4 anos. A menina em questão é filha de uma mãe solteira toxicodependente, e de forma repentina, a sua filha desaparece sem deixar qualquer rasto, porém quem irá ajudar a resolver este mistério será um casal já familiarizado com este tipo de situações, ainda que num contexto bastante diferente.

3 – Dilemas Morais

Antes de tudo, do início ao fim desta obra cinematográfica damos conta de vários dilemas morais, sejam estes problemas com drogas, tais como toxicodependência/tráfico de drogas, sejam estes pedofilia, problemas familiares, raptos, crime organizado. Tudo isto vai fazer com que hajam, ao longo desta história, muitas decisões difíceis de tomar.

4 – Semelhanças com o caso de Maddie McCann

Pode ser meio que uma teoria da conspiração mas algumas coisas batem certo e pode realmente ter tido alguma inspiração, porém isto são apenas suposições e coincidências. A criança que desaparece no filme tem a mesma idade e até dá ares, fisicamente, à Maddie, isso não vou desmentir, contudo, apenas se tratam de teorias e teorias são como as opiniões: todos temos uma.

5 – Versões da Verdade

Sabem aquele tipo de filme em que algo acontece e os personagens contam a sua versão e nenhuma bate certo com a dos outros. No entanto, tudo começa a mudar de cenário quando nas diferentes versões algumas coisas começam a ligar-se entre elas.

½ – O Ben Affleck aparece no filme

Fun fact: quando numa das cenas filmadas num bar a forma como é filmada a cena, faz com que rode por todas as pessoas presentes. Ben Affleck ainda corre para não ser apanhado, pensou que tinha resultado e só reparou que não, quando o filme já estava todo editado. Como resultado, ficou assim, eis o famoso ‘It is what it is‘. Concordo com ele.

Rating: 4 out of 5.

Espero que tenham gostado!
Não se esqueçam de seguir as redes sociais do projeto aqui!

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.