‘The Whale’ (2022) – É terror porque é demasiado real.

Fonte: A24

Brendan Fraser e Sadie Sink carregam este filme às costas como se nada fosse. E é assim que deve ser, deve parecer fácil, natural e uma caraterística inerente do ator parecer que é fácil desempenhar este tipo de personagens. Ele desempenha um professor de inglês obeso e com muitos outros problemas além disso (como irão perceber assim que vejam este filme), ela por outro lado teve de lidar com o abandono do pai e agora tem de lidar com a desgraçada da adolescência que enfim, quem nunca se sentiu zangado com o mundo simplesmente por ser adolescente que atire a primeira pedra, ou o primeiro post passivo-agressivo numa rede social qualquer.

Algo que achei menos positivo foi o facto do filme ser demasiado escuro (sim, literalmente, não é nenhuma metáfora). Logo percebi que provavelmente era mesmo de uma metáfora que se tratava toda esta escuridão, porque efetivamente o personagem principal encontra-se numa total escuridão de viver, uma falta de vontade enorme de fazer algo com a sua vida. Quando Ellie (Sadie Sink) entra na vida de Charlie (Brendan Fraser), a escuridão permanece lá durante imenso tempo, pois esta é uma adolescente amargurada com a vida em todo e qualquer aspeto da mesma. Porém Charlie vê algo na filha que nem a própria mãe consegue ver. Nos entretantos da narrativa, ainda temos Liz (Hong Chau) e Thomas (Ty Simpkins) que vão dando outra profundidade à narrativa, se por um lado Liz é bastante cética acerca das questões divinas, Thomas é o maior crente de que há memória. Liz é enfermeira e cuida de Charlie, é, sem dúvida alguma, um grande pilar na vida deste.

O filme tem a duração certa, porém falha em alguns pequenos pormenores como o próprio desenvolvimento dos personagens mais secundários em vez de se perder em alguns detalhes que em nada acrescentam ao filme. É de ressalvar, obviamente, a grande performance de Brendan Fraser que acredito que será o grande vencedor da estatueta do Óscar de melhor ator no dia 13 de março.

Rating: 4 out of 5.


Se gostaram deste post, aconselho-vos a seguir as redes sociais do projeto clicando aqui.

Advertisement

Posted

in

by

Tags:

Comments

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers gostam disto: